Blog


A fisioterapia utiliza o laser para o tratamento de dor, inflamação, cicatrização e lesões músculo-esqueléticas. As propriedades do laser estão diretamente relacionadas com o seu comprimento de onda (nm), potência (mW), dose (J) e tempo aplicados (segundos).

No que tange ao reparo tecidual, o laser tem ação:

1. Anti-inflamatória: porque estimula a liberação de histamina e serotonina e inibe a formação de bradicinina.

2. Cicatricial: visto que estimula a produção de ATP e a matriz colagenosa, promove a produção de ácidos nucléicos, aumenta a divisão celular, melhora a troficidade tissular, favorece a liberação de fatores de crescimento dos fibroblastos, aumenta o tecido de granulação e as fibras colágenas, neoformação de vasos sanguíneos, intensifica a reabsorção de fibrina e colágeno e, a partir de mediadores químicos, proporciona estímulo da microcirculação. 

O laser Recover da MM Optics tem sido amplamente utilizado por profissionais da saúde para diversos efeitos terapêuticos, dentre eles, para a cicatrização de feridas. Tem fácil manuseio, é leve, pequeno, portátil e recarregável a bateria (autonomia de 4 horas de uso).

 

No caso de úlceras diabéticas e varicosas, recomenda-se como protocolo neste aparelho, para esta patologia, o laser vermelho (660nm), com potência de 100mW e energia de 1 a 2J. No caso de queimaduras, recomenda-se o mesmo protocolo, entretanto, com energia entre 1 e 3J. Seja em úlceras ou queimaduras, sugerem-se duas aplicações semanais, em dias intercalados. Além disso, a aplicação deve ser feita pontualmente sobre a lesão (conforme ilustra a figura abaixo), em contato com a borda da lesão e sem contato com o centro da lesão, em forma de “varredura”, ou seja, toda a área do centro da úlcera deve ser tratado pontualmente, com distância de aproximadamente 0,5 cm. É importante salientar que o profissional e o paciente deverão fazer uso de óculos de proteção específico (como exibidos na imagem abaixo – acompanham o equipamento Recover).

                  

Na literatura encontram-se inúmeros trabalhos que fizeram uso do equipamento Recover para esta finalidade com outros parâmetros que também obtiveram êxito. 

Além disso, também há um manuscrito interessante que utilizou este equipamento para cicatrização após cirurgia bariátrica, que obtiveram diminuição da temperatura da ferida, maior velocidade no processo inflamatório, melhor cicatrização e redução da dor (Ojea et al., 2016). 

Recover também foi utilizado para a inativação fotodinâmica na cicatrização da Síndrome de Fournier e obteve inativação completa das bactérias Staphylococcus aureus e Clostridium perfrigens e inativação significativa da Escherichia coli (Pereira et al., 2018).

Referências:

Ojea AR, Madi O, Neto RM, Lima SE, Carvalho BT, Ojea MJ, Marcos RL, Silva FS, Zamuner SR, Chavantes MC. Beneficial Effects of Applying Low-Level Laser Therapy to Surgical Wounds After Bariatric Surgery. Photomed Laser Surg. 2016;34(11):580-584. Pereira NM, Feitosa LS, Navarro RS, Kozusny-Andreani DI, Carvalho NMP. Use of photodynamic inactivation for in vitro reduction of prevalent bacteria in Fournier’s Gangrene. Int Braz J Urol. 2018;44(1):150-155. 

  
Ms. Natália Oiring de Castro Cezar 
Gerontóloga e Fisioterapeuta

Doutoranda em Fisioterapia na Universidade Federal de São Carlos

Consultora Técnica MMO Equipamentos